quinta-feira, 26 de abril de 2007

Não perca o tempo, pare ele.

É incrível como o tempo está passando tão rápido.
Parece que foi ontem que eu cheguei em casa e como faço todos os dias liguei a TV e ela me mostrou uma imagem impressionante:

- Um avião entrando dentro de um prédio.

E uma catástrofe que abalaria a base do dono do mundo, os EUA.
É, também parece que foi ontem que estava toda a família reunida na casa de "voinha" assistindo a final da copa do mundo de 1994 e Taffarel que ainda teve seu trabalho poupado quando nos penaltis o jogador italiano Roberto Baggio chutou a gol e a bola foi "pra galera".
Eu lembro bem desse dia, apesar de ter apenas três para quatro anos, estava chovendo e quando o Brasil foi anunciado campeão eu e meus primos corremos pro quintal e começamos a pular e gritar na chuva:

Tetra!!!"

E me parece que ao acordar no outro dia, já era a final de outra copa do mundo, agora a de 2006 estrelando novamente Brasil e Itália.
Só que dessa vez não gritaríamos mais:

"Vai que é tua taffarel!"

E o Brasil não levou o hexa.
E 12 anos passaram como num piscar de olhos, e o mundo não parou de girar, parece até que girou cada vez mais rápido.

E como disse Lenine:

"o mundo vai girando cada vez mais veloz, a gente espera do mundo e o mundo espera de nós..."

E quem diria, estamos no século XXI, talvez não cheguemos ao próximo século, já existe a bomba de hidrogênio, e a qualquer momento a humanidade poderá ser varrida da face da terra, e o que vai ficar?

Talvez as baratas sobrevivam.

Mas tudo isso não importa agora, pois o que me chama a atenção é o tempo.
Enquanto eu estou aqui escrevendo, tem muita coisa acontecendo lá fora, tem gente morrendo, nascendo, sorrindo, chorando, amando, gritando, vivendo, sonhando, mudando o mundo.
E talvez quando a noite chegar, e o sono pesar sobre os meus olhos e a cabeça no travesseiro eu deitar, a noite apesar de ser uma criança, terá seu crescimento acelerado e quando o sol chegar a beijar meu rosto e eu abrir os olhos posso estar no ano 2075, aparentando ter 20 anos devido aos avanços tecnológicos e tudo estará diferente. A água vai ter acabado no planeta, assim como o petróleo e viveremos em cápsulas, e teremos amigos que moram em outros planetas.

Então, segura esse tempo se não ele voa.

5 comentários:

Anônimo disse...

tem uma pessoa pulando de uma ponte agora

ui! vamos viver, que é mais legal! (acho eu)
um cheiro

anayar

renato disse...

segua ele mesmo
e depois escuta Time que ta no albun dark side of the moon ( Pink Floyd 1973)

abeL disse...

"Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára..."

Não faz diferença, eu quero mais é que ele voe.

Gabi disse...

huahaauhauahua

pois é,parece que foi ontem que a gente se conheceu,ainda na infância,duas pirralhas correndo pelo Nóbrega e agora,olha só: a gt ja vai fz 17 anos! =O


escrevendo cada vez melhor.

Te amo

;**

Soturno disse...

Ummm!
Curti o texto.

Será que vivo até 2075? Vou apostar com o mundo para ver quem morre primeiro ;)


beijocas