segunda-feira, 21 de maio de 2007

O circo chegou.

É essa semana passou
Mas passou bem devagar
Enfim o domingo chegou
Mas dessa vez me veio
Um sorriso e um brilho no olhar
Novamente vi um redemoinho
E me deu vontade de dentro dele dançar
Girando com as folhas secas e sentindo um perfume no ar
E a vida vai passando
E talvez eu não esteja vendo-a passar
Mas isso no momento não me importa
Pois pelo menos por um dia
Eu vi meu menino poder voltar a sonhar
Nos seus olhos havia um mundo
Diferente do que ele aprendeu a aceitar
Havia um mundo com vozes e cores
Palhaços e flores
Bonecas e amores
E fantasia no ar
E eu que dançava no redemoinho
Quem me via queria entrar
E juntos dançamos uma ciranda
E pelo menos por um dia
Esquecemos do nosso mundo habitual
Podemos então, voltar a sonhar
Eu, aquele menino, e o Recife também.

Domingo, 20 de Maio de 2007
Recife - Pernambuco

24 comentários:

Gabi disse...

Uiaaa

Ham,ham

dá licença

vi o post em preimeira mão,antes de tudo. ;D

bem poético

e menos revoltado

te amo.

;**

onirê disse...

nem fui, num sabia que ia ser a tarde toda -_-'''
mas deve ter sido du carai...
foda o poema (sempre digo isso né?)
se cuida!!!
=**

Pare & Pense disse...

hey hey menina do reggae..
em primeiro lugar, gostaria de lhe agradecer por tudo... as vezes não temos noção do quanto nossas açoes e/ou palavras afetam os outros... e graças a vc começei escrever tbm.. (sei q naum taummm bem qnto vc... mas dentro de meus LIMITES).. obrigado msmo

agora... seu post tah perfeito mais uma vez... fruto... aposto eu... d um fim de smn incrivel neah?. .huahaua
parabens mais uma vez... diante de tanto talento soh me resta aplaudi-te de pé.. "clap clap clap clap"

paulo disse...

mesmo que por engano, que bom que apareceu por lá...
.
andei te "vendo" em outros ares... adorei adorei!!
.
pensando eu cá em seu redemoinho... mundo de instantes imprevistos, gira gira gira... onde voltam sorrisos, sonhos e outras tantas delícias!!
.
beijos, meus!!
.
paulo

ERICK SOULFLY disse...

eh palhaços e cores sem ou com amores num sei mas se ten dores

aeh sei la toma flores

Mapa do meu nada disse...

palhaços, circo...
nossa! quanto tempo que eu não vou ao circo
eu amo cirso, mas aqui nunca tem...
=/


"sou o palhaço do circo sem futuro, um sorriso pintado a noite inteira..."

Mapa do meu nada disse...

é tão bom ser criança, as vezes eu tenho medo d me tornar uma adulta, seria, e triste e amarga e etc...

paulo disse...

add um link do teu blog tb... assim jamais perco suas palavras... e te add no orkut... assim jamais te perco de vista! rss
.
.
beijos tantos!

camila disse...

flutuar nesse ar!
rodopiar!
deixar ele nos levar,
Sentir o gozo de ser levado!
Como se tivessemos asas,
de forma acíclica vagando sem destino
mas,ao fim, não nos 'tirou do lugar'
nossas raízes puderam se soltar e perceber a leveza da pluma ao léu, perdida em seu transito direcionado.
"simples e suave coisa. suave coisa nenhuma!"


xeru -olhos brilhantes-

AH!
? o menino quem é ?

BJUS.

Flor dAs LAGOAS!

Mapa do meu nada disse...

as personagens dos meus textos são eu

rsrsrs

é tão dificil isso, mas.. paciencia neh?



circo aki tem naum... as vezes vem alguma companhia, mas eh lah de ano em ano

Jeniffer Santos disse...

http://www.blogs.com.br/frame/go.php?url=http://www.blogs.com.br/diretorio/jump.php?id=58882&frame=1


flor axei nesse site o meu template!
lindo o poema viu...beijos!

Soturno disse...

Noossa! gostei =)

Beijoca

diovvani mendonça disse...

"E a vida vai passando
E talvez eu não esteja vendo-a passar
Mas isso no momento não me importa
Pois pelo menos por um dia
Eu vi meu menino poder voltar a sonhar"

Isso me tocou pela lembrança que me trouxe do Pedro, um menino que conheci. Morava em apartamento. Vivia sempre limpinho. Certa vez foi lá em casa
e começou a brincar de escorregar na terra. Parecia que era a primeira vez que sentia as coisas do chão. Percebi que ele estava gostando. Até que ele me Disse "vou parar se não minha tia e minha mãe irão me xingar". Falei para ele que podia continuar e qualquer problema eu conversaria com elas. Ele me sorriu ares de travessuras. Brincou a manhã inteira de escorrerar na terra.
Infelizmente, o Pedro Augusto é uma das crianças desaparecidas aqui em Minas Gerais. AbraçoDasMontanhas.

Gustavo Henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gustavo Henrique disse...

queria ter ido :(

>> JuJuBa disse...

realmente, o espírito do circense nos contagia e faz a gente voltar a ser criança e o mais importante uma criança feliz!

;* ótimo post.

Emanuel Belmiro disse...

Pelo número de comentários, nem preciso falar mais nada né? Hhahahha...muitos de seus textos são tão bons q não deveriam ficar restritos apenas a internet. Devereiam ser lidos em praça pública, para q todos pudessem sentir o mesmo sentimento de liberdade q eu sinto ao lê-los.
Abração

Anônimo disse...

éé...
sonhos (realizados inclusive. as duas horas e meia no cais, por exemplo), e afins... e a fim de sonhar mais =)

a fim de sonhar a fins de felicidade!

nenha sempre me botando pra cima =~


de su caro persona,

uipe. =*

subby disse...

vamos brincar de roda.. e convidar a alegria à participar da brincadeira..

___
vi seu coment no blog de uma amiga.. e resolvi ver o seu.
adorei
*=

Mila disse...

EITA, desculpa morgar gabi, mas eu vi quando tu tava escrevendo. =X
hihihi

já falei que os meninos na tua vida sempre acabam em poesia?

beijo garota! ;*

>> JuJuBa disse...

não sou eu não fto não, peguei na internet mesmo...

vlw por ter add ;)

;*

Vitório Vilas disse...

.


dança, dança, menina, dança
uma hora tu vai ter que cansar
mas enquanto não acaba essa dança
cansa não, menina, dança.

de qualquer maneira
como vento ou o menino
sob o chão e a sujeira
sem tocar os pés no destino

dança... cansa... gira... pira...
fica tonta... paga a conta...

vai pra casa dormir.
amanhã tem mais.
paz.


Vitório Vilas

Helen disse...

todo esse clima de circo me lembra q hj tem teatro mágico e eu n vou
=/
Desculpaaaaaaaaaaa a demora de voltar e responder
e não se preocupe com a quantidade de comentários,qto mais melhor huahauahauhauahuaha
na verdade fiquei curiosa pra ver o blog do seu irmão,só q o link lá tá privado,enfim
bjos pra vc!!

paulo dauria disse...

"Havia um mundo com vozes e cores / palhaços e flores / bonecas e amores / E fantasia no ar"

Muito bonito!
Ai, que saudades de dançar no Recife... Cidade linda, linda.

Grande Beijo
Paulo DAuria