quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Escuro.

Todo poeta é triste.
E seus versos quase sempre são rimados.
Por tras do pranto sempre há a dor.
E por tras de um amor se esconde a solidão.
A flor mais bonita esteve nos pequenos cachos de outra flor.
A flor mais bonita, morreu.

31 comentários:

Fernanda Alves. disse...

Tem toda a razão, sempre há outros sentimentos por traz do outro demonstrado...

bjo

Lunna Montez'zinny disse...

Gosto de dizer que a poesia é um espanto e pronto. E os poetas. Nossa. Como se espantam. Adorei o verso, quase o levo comigo.Abraços.

Ps. E de alguma forma o levo. Não é?

Marcela Bertoletti disse...

Adorei seu blog.
Muito lindo o que você escreve!
Parabéns

bj

Kari disse...

Engraçado, estava conversando isso com um amigo esses dias...
Lindo verso!

Beijos

Hélder, o míope disse...

Tristeza não,
Mesmo tendo poemas tristes bonitos,
a verdadeira beleza está na alegria em escrever.

Claudia Lis disse...

Morreu não! Já chega de morte por esse ano. Bem que já está na hora dele acabar. E 2008 não virá no escuro. O ano virá cheio de LUZ!

=)

Cidadão Solitário. disse...

voltei.

Auíri Au disse...

Café e prosa....
combinação perfeita e equilibrada!!




beijos

Auíri

MH disse...

CLAP CLAP CLPA CLAP CLAP
(sem comentarios dessa vez, so aplausos)
feliz ano novo

Alê disse...

Ei, menina borboleta!
Deixo milhões de beijos com café.
Tenha um ano novo brilhante.
Beijos***

Klatuu o embuçado disse...

Boas Festas e um BOM 2008!

A. fontelli disse...

que triste amilga.

beijos.
bom ano que vem por aí.
;*

Múcio L Góes disse...

e seja lar o que isso flor!

bjo.

2008 será!

Nathália Affel disse...

sempre ótimo!
:)

Anayar disse...

é.

Analuka disse...

Bonito poema.
Gostoso espaço.
Dose doce de vida.
Cheiro de poesia.
E, só para provocar:
sugiro uma revisão ortográfica
(por exemplo, na palavra atrás...)

Analuka disse...

Ainda:

UM ANO NOVO FELIZ. LUMINOSO. FÉRTIL. SABOROSO. INSPIRADO.

Abraços alados!

Loh_rayne disse...

Saudades daqui ;)

inferno da consciência disse...

com leite, hoje - pouquinho

claro que a flor morreu! alguém colocou ela no cabelo, ué! flor pra ficar viva tem que tá plantada, na terra, com nutrientes, etc...

a não ser que...

deixa queto!

precisa aprender a cuidar melhor das suas plantas menina!

subby disse...

mas nem tudo que se esconde deixa de ser visto.. como nem tudo que morre, deixa de existir.

lindo demais.
*:

julio de castro disse...

é, é triste...

Palomilla disse...

"O poeta é um fingidor
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente"

Dri disse...

Mas a esperança é que uma flor sempre morre e dá origem a mais vida, seja ela em forma de frutos, em forma de outra flor, ou mesmo as sementes que de seu pólen deverãp germinar aonde o vento escolher que a vida ressurja, mas de qualquer forma, a vida e com o ela o amor, sempre arruma um jeitinho, um milagre escondido pra renascer. Parabéns pelo blog.

eluza barros disse...

Olá, minha poetinha

talvez os poetas sejam tristes porque conseguem enxergar além do que se vê, aquilo que só quem busca acha...
beijinhos minha linda

MH disse...

Eu sempre digo que as melhores musicas são as tristes. E acho a mesma coisa de poesia.

Arthur Araújo disse...

Parece comigo esse poema muito bonito!! É tudinho verdade...

bjos e ótima semana!

aLêeee disse...

é..tudo que é belo dura pouco!

Paulo D'Auria disse...

Fico com Palomilla e sua bem sacada citação a Fernando Pessoa!

Fica triste, não, menina. Sublima!
A poesia ajuda!

Beijos

Bruno disse...

Podem me achar meio louco, mas eu vejo beleza na tristeza também.

Vejo, sim.

Ludmila Prado disse...

pra existir o bem, esistiu o mal e para existir o belo ixistiu o feio, somos dois, não há como ser 100% belo, alegre, perfito.

amei
um beijo

Gracy disse...

nem todo poeta é triste, nem todo amor tem por trás solidão...

existem coisas que não escapam melancolia...versos totalmente felizes...

=]