terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Lirio.

Nasceu, aparentemente igual as outras, com o mesmo destino também, passava os dias ninguém a notava ,todos passavam e ela sem ninguém. De tão cansada suspirou, perdeu o equilibrio caiu no chão. Não se sabe por quanto tempo ali ficou, até uma menina triste lhe colocar entre os cachos, reconhecendo o seu valor.

- Trajetória de uma flor. -

38 comentários:

julio de castro disse...

que bom que voltou. seu café faz falta.

abraço júlico.

César Fernández disse...

E a menina deve ter ficado linda!

;*

. Duda; disse...

E a beleza unida é beleza tripla, a menina e a flor.
Flores são tão simples, tão aparentemente infelizes, tão deliciosamente nostálgicas, parece que agente já nasce com aquela flor na lembrança...

Kari disse...

Ainda bem que ela foi para entre cachos...
Existe sempre alguém, que, mesmo que demore, reconhece o valor de outros...

Beijos

Lunna Montez'zinny disse...

A beleza que combina flor e verso. É como o silencio e o trovão que se completam. Beijos

Paulo D'Auria disse...

Oi, moça!

Voltou!

Belas peripécias desta flor!

Beijos

Dani disse...

Até uma florzinha murcha tem seu valor para alguém...
bjooos

Hélder, o míope disse...

1º Muito bãaao estar aqui de novo!

2ºTexto muito bonito
quantas e quantas vezes agente não reconhece o valor de algo? ou alguém?

3º Passa lá pra um exame de vista!

xD

Caroline disse...

E são essas coisas que deixam a vida mais bonita, por mais triste que ela se faça.

=*

Caroline disse...

caroline = menina lunar ;)

gracy disse...

belo, mui belo.

e simples

bjO

Lais Mouriê disse...

O Lírio mais lírico que já vi! De uma sutileza ímpar, minha flor! Que delicadeza tens ao lidar com as coisas tão belas e delicadas!

Bjos, Lua!

ALF disse...

Que lindo. Sucinto e tocante. A gente imagina o que veio pela frente. Dessa trajetória da flor.

Lindo.

Diria que a sua volta é que floriu mais minha alma.

Ô saudades

:)

Depois me visite.

Beijos Ana.

Bill disse...

E uma flor encontrada por outra, sozinha não mais está.

Belas palavras (=

:*

Alê disse...

=D
Namastê!

Anayar disse...

destino marcado. como tatuagem.

adorei o dia de hoje. as conversas, risadas, músicas e tudo. amo vocês!

Mariane Monteiro disse...

Que boa acolhida.
Aquecido o coração.
Abraço grande.

inutilia sapiens disse...

menina flor, coisa mais linda!
saudades.
besos, menina ilnda flor.

Fê Probst disse...

Sua poesia toca. Toca fundo e reflete nos pêlos que se erguem.
Suave feito vento balançando os cabelos.

O Profeta disse...

Para ti que me visitaste
Ao longo destes poucos meses
Ofereço-te uma prenda singela
Uma estrela de mil cores

Roubei-a ao firmamento
Deposito-a na tua mão
Para que neste Natal
Te ilumine o coração

Um Santo e Mágico Natal


Doce beijo

Filipe disse...

hhihihihi
Muito bom...
como tudo que vc escreve
=D

Ch disse...

Há tempos não vinha ao Café na Porta, para sorver um aprazível capuccino e me entreter com os seus escritos.
.
Mas também há que se registrar a sua longa ausência, minha cara. Bem vinda, portanto, de volta ao nosso convívio.
.
Gostei da trajetória da flor, redimida que foi pela sensibilidade de um ser.
.
Abraços do
Carlos

Ludmila Prado disse...

que lindo, que meigo, adorei

um beijo e FELIZ NATAL!

Rafael Velasquez disse...

sempre tem alguém para encontrar o valor em algo. pobre valor... foi trocado no mercado por produtos.

Bill disse...

Estou passando para desejar boas festas para tu e para todos a sua volta!!!

:*

FINA FLOR disse...

e assim nos acontece, também.....

tô passando moça flor para deixar meu beijo de fim de ano e dizer que desejo os melhores aromas, amoras, amores, brilho e brisa para o ano que está para acontecer.

até,

MM.

Marco Schiavo disse...

Lírios... minha flor predileta.
A trajetória de uma flor e a trajetória de uma menina que, em algum ponto, se cruzaram.
Muito lindo Lua.
Cuide-se, e feliz natal.

Johnnatan disse...

você tem talento de poeta, menina.
impressiona-me muito como você pode ser tão sensível.


ah, tem presentinho pra vc no meu blog.

Múcio L Góes disse...

era sol o que faltava!

sempre bom o café aqui...

bjos de boas festas!

\o

Fabrício Brandão disse...

"Lírio" me remonta a alguns signos Clariceanos, coisa que aprecio bastante. Por aqui, palavras que redimem.

Gostei do seu espaço!

Beijos

subby disse...

e daí floresceu várias raízes da felicidade; é quando se descobre o verdadeiro valor.

um beijo!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá, deixei-te uma prendinha no FOTOS-FERNANDA.
Beijinhos,
Fernandinha

MH disse...

Adoro o jeito que voce escreve, sabia. E olha que nem sou um grannnnde fã de poesias. Mas seus textos são sempre sublimes (aff, achei que nunca ia usar essa palavra na minha vida..hehe). Outro detalhe, eu não me dou muito bem com flores, minha mulher tem uma orquidea com um galhão que sempre espeta meu olho. Mas na sua poesia as flores parecem ate que são inofensivas. (rsrs)

Ana Fernandes disse...

Ah... veio provocando suspiros...

Lívia Russo disse...

Liiindo, pequeno e de tirar o fôlego!

adooooro (:

:*
:*
:*

Dani Torres disse...

adoro um lírio...



;*

Claudia Lis disse...

Lírio, flor-de-lis, a minha flor. A flor mais linda para os meus olhos! E sabe? Nesse momento estou assim, caída no chão. E detesto ter que dizer uma coisa assim!

='(

Jéssica V. Amâncio disse...

Ah que lindo. amei. ^^