quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Sobre Ser.

Era tudo doce, feito o algodão da infância. Era tudo tão intenso, tão pálido, pequeno, quente. E o frio, não havia. Não era um, eram dois, um dia quem sabe três, quatro, ou cinco com o cachorro. Eram sorrisos, era poesia, música, fragância. Era acordar num domingo de sol, abrir a janela e ver o mar. Era sorvete de limão em um dia quente de não se acabar mais. Eram filmes e mais filmes, e um edredon. Pés em meia, mãos dadas, sorrisos. Era amor, eram amor. Sorriam. Eram saudade, dessas de não caber no peito. Era festa, quando se viam. Eram dias nublados, que se ensolaravam com apenas um sorriso. Era café quentinho, daquele de paçoca, na beira do rio. Eram fotografias, retratos em preto e branco, e coloridos de alegria. Era vontade, de inexistir, olhando o céu cair, sobre si, e não sentir. Era não se importar, não se enraivecer. Eram verdades ditas ao telefone, e abraços trocados depois. Era o tudo e o nada, o talvez e o também. Era o conforto, o carinho, de saber que se tem alguém, para dividir a vida. Era uma vida inteira, pra dois [e depois três, quatro ou cinco com o cachorro]. Era a vontade, de ser. E foram, não sei por quanto tempo. Amor.

4 comentários:

Deh ramos disse...

Como faz quando a gente se apaixona por um lugar?! Amei teu recanto *-*'


E o post?! Ahh, era AMOOR (:

bjos

Lu Barros disse...

O que foi pode voltar a ser, ou talvez não, o certo é que em algum lugar há alguém a espreita... esperando para dividir o sorvete de limão, o edredon, as conversas ao telefone, amores vem e vão, basta fazê-lo infinito no seu momento e saborear o instante como se fosse o último gole, a última noite...
bjus no coração linda Lua.

a cogumelo disse...

era amor. E outro pode nascer.
Sempre um mais belo que o outro, como se desse pra medir tal sentimento.

Ah, eu voltei a escrever, agora em outro blog. Acho que a insistencia de algumas pessoas me motivou, e isso me faz bem.

beijo lua *:

Vanessa disse...

Parecia ler minha história de amor, ou o que ela foi.

Lindo
...mesmo

Vani